Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Tocando agora: Carregando...
mesa-de-som
No comando: HORA CHEIA

Das 00:00 as 24:00

Prefeito de Ladainha é eleito presidente da Amuc

Compartilhe:
eleicao_amuc_1

Sucupira passa a presidência da Amuc para Walid (Foto: Boy Fotógrafo/Diário de Teófilo Otoni)

 

Foi realizada na manhã desta quarta-feira (17/01/2018), na sede da Associação dos Municípios da Microrregião do Vale do Mucuri (Amuc), a eleição para a nova diretoria durante o ano de 2018. O cargo de presidente, então exercido pelo prefeito de Teófilo Otoni, Daniel Sucupira (PT), no ano de 2017, foi repassado ao prefeito de Ladainha, Walid (PSDB).

A escolha do novo presidente e da mesa diretora aconteceu por aclamação. Nenhum prefeito se absteve ou foi contrário a aliança.

Além do novo presidente, a diretoria para o ano atual conta com o prefeito de Santa Helena de Minas, Arthur (PMDB), vice-presidente, o prefeito de Poté, Nego Sampaio (PSB) secretário geral, e o prefeito de Ouro Verde de Minas, Mazinho (PP), como tesoureiro.

Na ocasião também foi inaugurada a galeria dos ex-presidentes da instituição.

Novo presidente

Durante sua posse, Walid falou em tom de união. Disse que os prefeitos da região atuam de maneira irmanada, e que esse continuará sendo o tom de sua administração. Realçou os gargalos nos repasses financeiros do Estado e da União, informando que dará especial atenção a estas questões, visto que os municípios estão sofrendo com a falta de recursos, sendo aplaudido pelos demais prefeitos presentes.

“Não faremos um governo de diferenças ideológicas ou partidárias. Seremos a voz de nossos municípios, de nossa gente. O que uma cidade da nossa região estiver precisando vamos buscar, sem enfrentar ninguém por causa de partidarismo ou ideologia. Queremos o bem para nosso vale”, destacou.

Transporte escolar

Outro ponto abordado é que caso o Estado não salde as dívidas com o transporte escolar, atualmente custeado (em partes) pelas próprias Prefeituras, o serviço irá parar a partir do final de fevereiro. Ou seja, se não houver o pagamento dos débitos (05 meses em atraso) por parte do executivo mineiro não haverá como custear mais o transporte dos alunos da zona rural, visto que os motoristas estão sem receber e, assim, em muitos casos, pagando o abastecimento do próprio bolso com a contrapartida das prefeituras.

Por sua vez, o prefeito Daniel Sucupira, do mesmo partido do governador Pimentel, o Partido dos Trabalhadores, informou que uma conversa está agendada nesta semana [com o governador] a fim de sanar o impasse.

eleicao_amuc_2

Prefeitos reunidos para foto oficial (Foto: Boy Fotógrafo/Diário de Teófilo Otoni)

 

sucessão

O prefeito Daniel Sucupira destacou os feitos de seu mandato e o trabalho em conjunto com os funcionários e demais prefeitos da associação, ao qual ele chamou de grandes parceiros. Realçou os mais de R$ 300 mil deixados em caixa pelo ex-presidente em 2016, o ex-prefeito de Pavão, Carlão (PTB), e que, mesmo sob forte crise financeira nacional, conseguiu deixar para a nova presidência mais de R$ 400 mil nos cofres da entidade.

Posteriormente, Daniel saudou os novos dirigentes da principal entidade municipalista do nordeste mineiro, os funcionários da casa, destacando a recuperação salarial superior a 11% feita durante sua gestão, e se mostrou a disposição para o ano que se inicia.

(Fonte: Diário de Teófilo Otoni)

Deixe seu comentário: